Desmistificando a Segurança patrimonial: Planos Físico, Operacional e de Contingência

A segurança patrimonial é fundamental para preservar todo o patrimônio físico ou humano de uma organização. É possível garantir proteção de um patrimônio através de diversos e excelentes recursos humanos e tecnológicos, tais como: procedimentos, vigilantes especializados e frequentemente reciclados, veículos, cães adestrados e ainda dispositivos eletrônicos.

Tanto as empresas que formam os profissionais da segurança privada, quanto as que executam a elaboração do plano de segurança, bem como a prestação desses serviços em áreas residenciais, comerciais e industriais, precisam de uma formalização rigorosa: devem ser regulamentadas pelo Ministério da Justiça e pela Polícia Federal. Um bom plano de segurança envolve um minucioso levantamento de necessidades, vulnerabilidades e riscos internos e externos inerentes ao patrimônio que deverá estar sob a proteção do esquema de segurança planejado. Veja logo abaixo as etapas de um plano de segurança eficaz!

Plano Físico

Nessa fase do planejamento há um rigoroso levantamento de todos os riscos e vulnerabilidades à qual o patrimônio está ou pode vir a estar submetido. É nessa etapa onde os profissionais percebem e apontam onde devem ser utilizados recursos como os disposivitos de monitoramento eletrônico, circuitos internos (CFTV), cercas e barreiras físicas, o controle de entrada e saída de pessoas e cargas, sensores de presença e diversos outros equipamentos que podem ser ótimos aliados de todo o esquema de segurança. Um bom plano físico sempre envolverá uma central de captação, monitoramento e armazenamento de todos os registros e ocorrências.

Plano Operacional

Um bom plano de segurança certamente afetará de significativa o comportamento e funcionamento dos colaboradores e equipamentos de determinado patrimônio. As mudanças vão desde os tipos de uniformes e crachás de cada grupo de pessoas que terão acesso a cada ambiente. Até mesmo o bloqueio de uso de celulares e outros comunicadores onde possa existir informações sigilosas pode ser necessário em um plano operacional.

Nessa etapa do planejamento é primordial que se contemple uma definição de horários de funcionamento de certos setores de uma organização bem como as pessoas autorizadas a adentrarem em cada um deles. Pode ser um pouco mais seguro realizar esses controles de acesso de forma eletrônica, evitando assim uma possível falha humana nos mesmos. O fluxo de visitantes deve ser bastante monitorado, tanto por equipamentos humanos quanto eletrônicos, como câmeras de vigilância, detectores de metais.

É aqui, nesta etapa, onde tudo é definido: quantidade de profissionais de segurança, posicionamento de cada agente, organização das escalas de trabalho e esquemas de rendição, códigos de comunicação internas que impeçam a interpretação por indivíduos não envolvidos no esquema de segurança e muito mais.

Plano de Contingência

Obviamente um bom plano de segurança irá tornar bastante remotas as possibilidades de concretização de sinistros, no entanto, não adianta apenas planejar como proteger um patrimônio. Faz parte, de forma essencial, o Plano de Contingência, que trocando em miúdos é o preparo e planejamento de como agir em situações onde algo estiver fora do correto, como agir diante de uma situação de risco, como auxiliar todos os colaboradores a agirem da forma mais favorável possível ao esquema de segurança.

No plano de contingência é necessário contemplar a eliminação de todas as possibilidades de distração, tanto as que venham a surgir de fora, como celulares, música, pessoas e conversas paralelas, quando as que envolve a segurança e correto uso dos equipamentos de cada agente, como as armas, aparelhos de monitoramento, etc.

A fiscalização é fundamental para que todo o plano de segurança seja eficaz. Mais do que estabelecer procedimentos, é importante ter profissionais de alta confiabilidade em todas as pontas: do vigilante, passando pelo supervisor e acabando na direção da empresa de segurança, bem como nos demais agentes protegidos.

A Esparta

A Esparta Segurança é uma das empresas mais conceituadas do Brasil, quando o assunto é a segurança patrimonial, seja ela Residencial, Comercial, Bancária ou Industrial. Realizamos serviços desde o planejamento à execução, inclusive a disponibilização dos equipamentos eletrônicos necessários para a execução do plano de segurança. Solicite um orçamento personalizado e exclusivo conosco, clique aqui.